Times | América Futebol Clube | DAAA*

1952
...
SD EM PÉ: Nego Basto, Biu Porto, Tota, Nego Zé, Gata, Zé Bedeu e Zé Augusto. AGACHADOS: Neide, Piaba, Adauto Brasileiro, Martinho e Antonio Aprígio.
FONTE: Inácio Gonçalves, em "América Futebol Clube Patrimônio Histórico Esperancense", página 22. TRATO: Evaldo Brasil.

1964
...
SD EM PÉ: Humberto, Gril, Lêla, Odaildo, Zazá e Edmilson. AGACHADOS: Chico Pata, Zé de Zuca, Gilvan, Neide e Geraldo Melo. 
*Do ACERVO: Antonio Ailson. TRATO: Evaldo Brasil.

1973
...
SD EM PÉ: Dr. Nino Pereira, 2, 3, Gilberto de Michelo, 5, 6, Marré Gonçalves, 7 e 8. AGACHADOS: Goleirinho, 2, Arlindão, 4, 5 e Dudé. 
ACERVO: Gilberto de Michelo. TRATO: Evaldo Brasil.

1974
...
SD EM PÉ: Adalberto Pessoa, Lilito, Djalma, Gilberto de Michelo, Naldo, Marré Gonçalves e Joacil. AGACHADOS: Goleirinho, Dó, Arlindão, Galais, Tida e mascote.
ACERVO: Gilberto de Michelo. TRATO: Evaldo Brasil.

1983
...
SD EM PÉ: Edmilson Nicolau, Chico Cláudio, Dudé; Lilito, Carlos César, Zé Galdino, Gilberto de Michelo, 8, 9, Joacil, Neuman; 12 e 13. AGACHADOS: 1, Mimi, Galais, Arlindão, Naldinho, Everaldo, 6, Goleirinho e Geno.
ACERVO: Gilberto de Michelo. TRATO: Evaldo Brasil.

1990
...
08FEV90 EM PÉ: Edmilson Nicolau, Rochinha, Adjair, Coninho, Fábio Jean, Bila, Nenê, Pequeno, Manoel, Zé Henriques e Joacil. AGACHADOS: Marquinho Pintor, Netinho, Geomarcos, Etinho, Pelé de Ua, Dilson e Nêgo.
FONTE: Liga Esperancense de Futebol Amador. TRATO: Evaldo Brasil.

2008
...
SD EM PÉ: Givanildo Crisóvan, 2, Heraldo Pereira, Preto, Bedega, Mica, Trajano, Bonifácio, Fábio Jean, Juá, Vavá e Viana. AGACHADOS: Alberto Negão, Marquinho, Marcos, Pelé de Ua, Esquerdinha, Pompeu, Naldo, Pelezinho, Hamilton, Fabiano,11 e mascotes.


ESPERANÇA ESPORTES*
Há esperança para o América de Esperança?

23OUT17 Há muito se fala na restruturação do América Futebol Clube, mas nada de concreto ainda foi feito. Hoje, o que mais se comenta no meio desportista é a inclusão do time na segunda divisão do Campeonato Paraibano, causa defendida até por pessoas que mal frequentam a praça de esporte “José Ramalho da Costa” ou por pessoas que só veem interesse financeiro, ou melhor, futuro interesse financeiro porque, agora, são defensores ferrenhos do soerguimento do América.

Primeiro temos que estruturar a praça de esportes para depois pensar em inserir o América em competições estaduais. O principal motivo seriam as vistorias que a Federação faz antes de cada competição e, com certeza, com a estrutura atual o América não participaria, pelo menos não com jogos no “José Ramalho”. E como isso começa? Com uma eleição justa e não nos moldes praticados há quase vinte anos. Este ano teremos mais uma eleição e será que haverá chance para outra chapa? Será que teremos oposição? Talvez sim. Provavelmente não.

O América padece de patrocínios e ajuda do poder público, mas também padece de uma administração séria e coletiva, com uma verdadeira diretoria mas não com um único administrador. É certo de que ele é o principal motivo do estádio ainda estar de pé, mas os tempos mudaram e o América necessita de coisa maior, de um olhar mais profissional, visando o soerguimento da entidade.

Não é só pensar em ingressar na segunda divisão, temos que estruturar, montar uma equipe; tempo para planejar o futuro do tão querido “Mequinha”. Dezembro se aproxima e ficamos na expectativa de como será a eleição desse ano: teremos a oportunidade de ver novos nomes? Será que o Estatuto do clube vai ser respeitado? Devemos pensar no América e não no pessoal. Tenho certeza de que, onde estiver, o saudoso José Ramalho da Costa clama pela restruturação do clube e enquanto houver esperança, o América será a Esperança de todos nós.

*Blog sob a responsabilidade de Fábio Jean Celestino 

Comentários

  1. Hugo Brito, via Facebook: Esse foi o melhor time do América de todos os tempos, o meu querido Pai era o centroavante camisa 9. Foi o melhor atacante da historia do América Futebol Clube. Parabéns Evaldo por postar essa relíquia.

    Rau Ferreira, idem: Chegou com força total!

    Joacil Braga Brandão: Eita, meu amigo Evaldo Brasil! A primeira foto que vejo com o Lêla. Do lado esquerdo do Gril. Ele era um fenômeno no meio campo do América. Dava lançamentos igual ao Ademir Daguia do Palmeiras. Tive o privilégio de vê-lo jogar. Ver o Pimdoba também é sensacional.
    Parabéns, meu amigo! Os lançamentos do Lêla para o Gilvan eram fatais, quase meio-gol. Tributo ao Lêla!

    Jorge Assis: Neide era meu tio.

    Ricardo Aragão: Gostaria que se possível a escalação do América, se não me engane meu tio querido Queirós, e meu pai Marcelo. Desculpa foto mas antiga, mais sei que eles fizeram parte do América, como também fiz nós anos 80. Marrre, Marcelo, Gilberto etc. Meu querido América do meu treinador seu Edmilson saudades.

    Joana Oliveira: Meu pai Lela o terceiro.

    Rau Galdino: Timaço, nossos ancestrais do futebol, dou valor.

    ResponderExcluir
  2. Humberto Brito, compartilhamento via Facebook: Isso é do tempo que Esperança era FELIZ E NÃO SABIA.

    Daisy Virgínia Lima Ferreira, idem: Uma grande recordação família Brito!

    ResponderExcluir
  3. Pedro Paulo de Medeiros, via Facebook, referindo-se a primeira foto: Torci muito por este time.

    Joacil Braga Brandão, idem: Um time de primeira linha!

    ResponderExcluir
  4. Judite Galdino, idem: Um futebol espetacular.

    Samara Cavalcante: Painha jogou muito tempo no América.

    ResponderExcluir
  5. Cici Soares, idem: Meu esposo (Geno) jogou no América (Oitavo agachado, na foto de 1983).

    Ivan Sales: Quando criança nos anos 90 eu ia muito ao estádio José Ramalho da Costa ver o América jogar.

    Jorge Assis: Neide era meu tio (Quarto agachado na foto de 64).

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Destaques

Arquitetura | Esquina de Bento Torres | AM

Registro | Alagamentos 2011 | CAPU*

Especial | Símbolos Municipais 3 | LG*

Registro | Alagamentos 2017 | CFCC*