Especial | Esperança na Arte | REOA*

1976
...
SD Visto provavelmente do alto do Coreto “Pavilhão 10 de Novembro”, o adro da matriz em pintura de Zé Costa em barraca. Na imagem, as pernas do filho da dona.
ACERVO: Jailson Andrade. TRATO: Evaldo Brasil.

1995
...
DEZ95 Nas comemorações dos 70 anos de emancipação da cidade, a proposta em relevo homenagearia o poeta Silvino Olavo, imortalizado pela sua obra Cysnes.ARTE: Cia da Artes/CG. ACERVO: Seduc/PME. TRATO: Evaldo Brasil.

...
...
DEZ95 Nas comemorações dos 70 anos de emancipação da cidade, o registro em técnica mista de dois dos nossos símbolos: o Lírio (Verde) e a borboleta (associada à banabuyê).
PINTURA: EM. ACERVO: Seduc/PME. FOTO&TRATO: Evaldo Brasil

2000
...
24MAR00 A Boneca Esperança em cartão telefônico.
ACERVO: Comunidade Solidária. FONTE: Site Goiás Cards. TRATO: Evaldo Brasil.

...
...
24MAR00 A Boneca Esperança em uma outra tiragem de cartão telefônico, no Espírito Santo.
ACERVO: Rau Ferreira. TRATO: Evaldo Brasil.

...
...
SD Também adotada pela Telefônica, a Boneca Esperança circulou entre os Paulistas.  
ACERVO: Coleção Camilo Vieira. TRATO: Evaldo Brasil.

...
...
SD Frente do cartão telefônico, tratado para visualização em celulares.
ACERVO: Coleção Camilo Vieira. TRATO: Evaldo Brasil.


...
...
SD Verso do cartão telefônico, onde se vê a tiragem e o "registro" da boneca no Comunidade Solidária.  
ACERVO: Coleção Camilo Vieira. TRATO: Evaldo Brasil.

2005
...
15NOV05 Esboço para capa de calendário 2006, a partir de foto de João G. Guimarães, de 1935.
ACERVO: masBrasil. TRATO: Evaldo Brasil.

2012
...
SD Na pintura de Renato Rocha, um *registro de Esperança em obra de arte.
ACERVO: Adriano Homero Vital Pereira. FOTO&TRATO: Evaldo Brasil.

2016
...
01AGO16 Recorte da cidade sob tratamento em preto e branco. 
FONTE: Perfil Flávio Celestino no facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

2016
...
DEZ16 O Ginásio Diocesano no traçado virtual de Rau Ferreira. 
FONTE: Perfil Rau Ferreira no facebook. TRATO: Evaldo Brasil.

Comentários

  1. Vilma Fatima, via Facebook: Muito show!!
    Joacil Braga Brandão: Meu amigo Evaldo Brasil, são 7 imagens de tirar o fôlego.
    É muito bom ver o talento dos nossos conterrâneos e curtir em reconhecimento.
    Parabéns para todos!

    ResponderExcluir
  2. Ednaldo Da Silva Lanco, via Facebook: O melhor pintor que conheci (Zé Costa) e convivi na década de 1970, foi onde aprendi a arte da pintura, pois o dom já vem do berço, meu caro amigo Evaldo Pedro Vavá! O ano dessa arte (a pintura da barraca): 1976, a frase "o sol nasce para todos", título da música d'Os Fevers!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evaldo Brasil, via Facebook: Só faltou dizer quem, por muitos anos, restaurou essa obra de arte!

      Ednaldo Da Silva Lanco, idem: Eu! Com certeza, meu caro amigo Evaldo Pedro Vavá!

      Excluir
  3. Cida Galdino Galdino, via Facebook: Massa!

    Egberto Lima Vital, idem: Rodolfo Castor tb tem uma coleção massa de cartões telefônicos. Berg Lima tb.

    Rodolfo Castor: Eu tenho o cartão mas não é da Telefónica.

    Joacil Braga Brandão: Depois faço comentário!

    ResponderExcluir
  4. Joacil Braga Brandão, via Facebook: A capa do post é sensacional! Do Mestre Zé Costa. Tive o privilégio de ser aluno. O Curso de Desenho era frequentado por adolescentes masculinos e femininos, que portavam o inesquecível caderno xadrez, lápis grafite verde de várias numerações, réguas e compasso de metal. O atelier do Zé Carlos ficava em frente à Praça da Bandeira, perto da Sede da antiga Cooperativa e da casa da minha amiga Zélia Pessoa. Ele recebia os alunos sentado numa pequena mesa na porta de entrada, quando entrávamos parecia que estávamos adentrando num mundo mágico da pintura. As paredes e os cavaletes repletos de quadros, alguns finalizados e outros inacabados. Era um momento de glória acompanhar o talento nato do seu criador. E eu sem talento nenhum, apenas com olhos de um admirador entusiasmado e discreto observador juvenil, nos anos de 1966 e 1967.
    O meu roteiro diário, às 8:00 horas, era sair de casa pelo Beco entre a Rua do Sertão e a Rua Nova, dobrava à direita na transversal que passava pela casa de Sr. Zé Varelo e da casa da Martinha (uma das mulheres mais bonita de Esperança), localizadas nas duas esquinas com a Rua Nova, cruzava em direção à Praça da Bandeira.
    Fantástico, aquele mundo mágico! De telas espalhadas por tudo que era lugar, variadas. Natureza Morta, Retratos, Abstratos e Vistas de Esperança.
    O pagamento da mensalidade era realizado no último sábado do mês, recebia de papai no Foto Braga.
    Fiquei emocionado com tantas lembranças.
    Ao Mestre, o meu reconhecimento e profunda admiração!
    Parabéns, meu amigo Evaldo Brasil!!!
    Aos amigos Rau Ferreira, Flavio Celestino e Renato Rocha, um destaque especial, pela qualidade ímpar dos posts associados.
    A todos, um grande abraço, inclusive para você meu amigo Evaldo Brasil!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Destaques

Arquitetura | Esquina de Bento Torres | AM

Registro | Alagamentos 2011 | CAPU*

Especial | Símbolos Municipais 3 | LG*

Registro | Alagamentos 2017 | CFCC*