C49-192 Eu sei como você votou nas eleições passadas | Evaldo Brasil | Esperança/PB

I - São tempos tempestuosos/ São tempos de barricada/ São tempos pouco orgulhosos/ De noites bem alongadas.../ Tem gente que nem notou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.
II - Para tudo há uma razão/ Nem sempre arrazoada/ Todos têm sua motivação/ Nem sempre justificada/ Tem gente que nem votou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.
III - Por força da propaganda/ Uma com outra levada/ Marias na corda-bamba/ Alcovitando a madrugada/ E a polícia nem chegou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.
IV - Por força do desespero/ De um direito negado/ Por uma necessidade/ Para dizer não foi dado/ Pois fulano arrematou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.
V - Sei como se votou/ Nas eleições passadas/ Trocou voto por favor/ Em listas enumeradas/ Um secretário anotou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.
VI - Dívida de gratidão/ Por toda vida eternizada/ Passada de geração/ Do velho pra meninada/ A mamãe bem que tentou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.
VII - Consciente do dever/ Movido pelo cordão/ Movido pelo real/ Em busca de solução/ Votou, como se anotou/ Eu sei como você votou/ Nas eleições passadas.

Evaldo Pedro da Costa Brasil
(Entre 25 de novembro e 25 de dezembro de 2015)

Comentários

Destaques

Arquitetura | Esquina de Bento Torres | AM

Registro | Alagamentos 2011 | CAPU*

Especial | Símbolos Municipais 3 | LG*

Registro | Alagamentos 2017 | CFCC*