Malamén | Angelo Rock | Sarau do FIC 2015.3/SEEE 20 Anos

Conheça seu blog: http://conversando123.blogspot.com.br/2012/05/malamen.html ou leia abaixo ouvindo o autor



Desde menino sou medroso
mufino e desconfiado
com aquilo que não conheço
já fico encabulado
me falta ação e fala
diante do inesperado

Por pouca coisa já choro
já me escondo dou sumiço
boto logo pra tremer
diante de um rebuliço
se sinto um arrepio
digo logo:-que diabo é isso?

Não gosto de cemitério
em velório num sou chegado
faço logo o sinal da cruz
quando me vejo aperreado
se vejo um lugar antigo
penso logo que é assombrado

Das coisa de outro mundo
não quero que me conte nada
malassombro, besta-fera
Deus me livre, quero nada
pomba-gira, exu-caveira
fulozinha, alma-penada

Meu medo só aumenta
quando chega noite escura
me tranco dentro de casa
me da logo uma amargura
tomo chá, me tremo todo
e o povo diz que é frescura

Mas não é frescura não
esse medo começou bem cedo
quando eu era criança
já vivia morrendo de medo
não ficava em lugar sozinho
gelava logo a ponta dos dedo

Mas isso em mim tem uma origem
uma lógica explicação
começou quando eu dormia
com minha tia do coração
ela antes de dormir
rezava uma oração:

- Deus proteja nossa casa
e a dos vizinho também
Deus proteja nossa família
e a dos outro também
e proteja a mim e meu sobrinho
e livrai-nos do malamem

Aquilo me dava um medo
e um calafrio também
eu cobria a cabeça
pru mode num vê ninguém
e ficava imaginando
que mulesta é malamem?

Deve ser assombração
coisa boa num pode ser
pra tia rezar toda noite
pra ela num aparecer
pra Deus livrar a gente
desse mal acontecer

E assim passei a infância
imaginando o que seria
um bicho, uma alma penada
e se ela aparecia
eu num tinha sossego
enquanto o dia num amanhecia

Até hoje não durmo sem reza
o tanto que me convém
livrai-me de todo mal
dos que vem e os que não vem
mas até hoje num sei
o que mulesta é malamem.

(Angelo Rock) 24/05/2012

Comentários

Destaques

Arquitetura | Esquina de Bento Torres | AM

Registro | Alagamentos 2011 | CAPU*

Especial | Símbolos Municipais 3 | LG*

Personagem | Bispo Francisco Menino | BJTH*